sábado, 9 de abril de 2011

Borboleta


Hoje, passei, no Sobral, e fui comprar queijos, ao Veríssimo.
Encontrei esta borboleta pendurada nas fitas da porta da queijeira. No chão, estava outra, do mesmo tamanho. Nunca vira borboletas tão grandes!

Um comentário:

Carlos Coelho disse...

Caro amigo,

Já algumas vezes nos encontramos no ADCTB, onde faço também pesquisas genealógicas e não só.

Quanto às borboletas que fala, são mariposas, borboletas nocturas e daí o serem bastante raras. O que as diferencia das borboletas é a posição das asas e as antenas, entre outras coisas.
Abraço.
Carlos Coelho