quarta-feira, 5 de julho de 2017

O nosso falar: marmeludo

Fui aos figos, há já umas semanas. Não em São Vicente, porque as figueiras de figos do Algarve que lá tinha (ando a enxertá-las) não dão nada, por via do frio da serra.
Foi nos Cebolais de Cima, terra demasiado quente, mas boa para os figos desta variedade.
Ao chegar às figueiras, a minha mulher deitou logo as mãos a uma pernada e eu avisei-a:
- São marmeludos, não prestam. - eram de uma figueira pindo de mel.
- O que é isso?
- Agora...
A expressão tinha saído à São Vicente, mas eu nem tinha consciência do que dissera e por outro lado os figos da figueira ao lado chamavam-me na urgência da colha.
Depois é que me pus a pensar. Então marmeludos é o mesmo que lampos. São os figos que aparecem semanas ou meses antes da época. Alguns nem prestam, estão inchados, mas nem sabem bem!
A minha mãe também aplicava o termo às pessoas soberbas, com aquele ar zangado que as faz parecer inchadas artificialmente, como os figos fora do tempo.

Já aqui tratámos o tema dos figos do Algarve, por outros chamados simplesmente Algarves. Estive a ver uns sites e alguns chamam-lhes dauphine e outros lampa preta. Não sei se é a mesma variedade ou se são os figos das fotos que parecem os do Algarve.

Este era marmeludo, mas uma delícia!
Numa figueira lisboa branca ou pingo de mel.

José Teodoro Prata

2 comentários:

Anônimo disse...

-Temos uma abebereira velha, já estive para a cortar, vingou-se.
Este ano ofereceu-me umas abeberas temporãs que mais pareciam figos do Algarve, muito boas, não me lembro de dar figos tão cedo.(Sinais dos tempos)
Figos de Lisboa branca, ainda não vi nenhum marmeludo, são mais serôdios.
Quanto à velha abebereira, um dia secará, mas morrerá de pé.
J.M.S

Tina Teodoro disse...

Quando fui aí também trouxe figos marmeludos e eram bem bons, para quem não tem outros. Mas os figos algarves é que são mesmo uma delícia. Tenho que plantar uma figueira desses.

Tina teodoro